Chácara de Orgânicos

Muito tempo antes da alimentação orgânica e livre de agrotóxicos cair no gosto e fazer cada vez mais parte dos hábitos saudáveis da população, a Escola Bambinata já praticava e incentivava essa cultura. Com uma chácara de cultivo próprio, localizada no município de Campo Magro, região metropolitana de Curitiba (PR), a escola é capaz de manter um cardápio atraente e saudável. Parte do terreno é destinado ao cultivo de hortaliças, que semanalmente são entregues na cozinha da escola. Fresquinhas e sem pesticidas, são preparadas de forma integral e oferecidas aos alunos. Atualmente, são cultivadas 20 espécies diferentes de hortaliças, como: alface, rúcula, cebolinha verde, salsinha, couve-manteiga, couve-flor, cenoura, beterraba, abobrinha, abóbora vermelha, inhame, brócolis, escarola, repolho, batata doce, dentre outras. E ainda árvores frutíferas que, no futuro, também abastecerão o refeitório da escola. Tudo isso é possível graças ao trabalho desenvolvido com muito carinho pelo Tio Mauro e pela Nona (Dona Lourdes), que diariamente plantam, regam, limpam e colhem as verduras. Um belo exemplo de agricultura familiar usada para abastecer uma grande escola!
Eventualmente, a Bambinata leva seus alunos para visitarem a chácara, a fim de ensinar a importância da preservação do meio ambiente, despertar o interesse pelo cultivo de hortas e todo o processo de plantio, desde o preparo da terra, germinação da semente, colheita, até a degustação de alimentos saudáveis e nutritivos. No local, as crianças ainda conhecem algumas espécies da mata nativa, como araucária, marmelo, pitanga, araçá, araticum e também animais silvestres, como veado e esquilos.

“Um pequeno jardim, uma horta, um pedaço de terra, é um 
microcosmos de todo o mundo natural. Nele, encontramos
formas de vida, recursos de vida, processos de vida. A partir dele,
podemos reconceitualizar nosso currículo escolar. Ao construí-lo
e cultivá-lo podemos aprender muitas coisas. As crianças o
encaram como fonte de tantos mistérios! Ele nos ensina os
valores da emocionalidade com a Terra: a vida, a morte, a
sobrevivência, os valores da paciência, da perseverança, da
criatividade, da adaptação, da transformação, da renovação”.
(Moacir Gadotti)

Desenvolvido por ledz.com.br